(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749
28 de Abril de 2017

Consulta Pública n° 338, de 28 de abril de 2017 - ANVISA

Resolução que dispõe sobre incluir a modalidade de emprego para aplicação pósemergência em plantas de milho geneticamente modificado que expressa resistência ao 2,4-D com o intervalo de segurança de 70 dias

Abre, a contar da data de publicação desta Consulta Pública, o prazo de 30 dias para que sejam apresentadas críticas e sugestões relativas à proposta de Resolução que dispõe sobre incluir a modalidade de emprego para aplicação pósemergência em plantas de milho geneticamente modificado que expressa resistência ao 2,4-D com o intervalo de segurança de 70 dias, mantendo-se o mesmo valor do Limite Máximo de Resíduo (LMR) já determinado para a cultura do milho convencional e incluir a modalidade de emprego para aplicação pós-emergência em plantas de soja geneticamente modificada que expressa resistência ao 2,4-D com o intervalo de segurança de 56 dias, mantendo-se o mesmo valor do Limite Máximo de Resíduo (LMR) já determinado para a cultura da soja convencional, na monografia do ingrediente ativo D27 - 2,4-D, contido na relação de monografias dos ingredientes ativos de agrotóxicos, domissanitários e preservantes de madeira, publicada por meio da Resolução - RE N° 165, de 29 de agosto de 2003, DOU de 02 de setembro de 2003. 

Acesse na íntegra: http://portal.anvisa.gov.br/