(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749
21 de Maio de 2018

Tire proveito dos inúmeros benefícios da couve flor à saúde

O vegetal pode ser encontrado praticamente o ano todo, mas os meses mais fortes de produção vão de abril a outubro

A couve flor, que pertence à família de vegetais crucíferos - inclui brotos de brócolis, nabos, couve de bruxelas, repolho chinês, rúcula, couve, rabanetes, mostarda e agrião – é rica em fibras e proteínas, em minerais e antioxidantes indispensáveis para o bom funcionamento do nosso organismo.

Os seus benefícios vão além. Quando combinada com cúrcuma, a couve flor pode combater alguns tipos de câncer, como o de próstata e o de mama. É indicada ainda para tratar as funções digestivas, sendo muito recomendável para ser usada na dieta de doentes que sofrem de gastrite, úlcera, dispepsia.

E tem mais: a couve normaliza o trânsito intestinal, beneficia quem sofre de prisão de ventre tanto quanto de diarreia, e também casos de colite e diverticulite, ou quem passou por quadro de infecção aguda, como gastrite ou gastroenterite. A vitamina B contida na couve flor beneficia as atividades cerebrais, como as de aprendizado e memória.

Além disso, é muito versátil na cozinha, principalmente depois que descobriram que esse vegetal pode ser usado em uma infinidade de receitas, como pizzas, bolinhos, purês e substituto do arroz, devido à alta presença de fibras e baixas calorias (100 gramas do produto possuem apenas 25 kcal).

Pode ser consumida crua ou cozida, não contém colesterol ou gorduras saturadas, traz apenas 5 gramas de carboidratos, e aproximadamente 2 gramas de proteína.

A couve flor pode ser encontrada praticamente o ano todo, mas os meses mais fortes vão de abril a outubro. Em 2017, deram entrada no Entreposto Terminal São Paulo (ETSP) cerca de 10.235 toneladas do produto, provenientes principalmente das cidades paulistas de Pedra Bela, Socorro, Ibiúna, Tuiuti, Bragança Paulista e Pinhalzinho. No dia 8 de maio, o preço médio comercializado no atacado dentro do ETSP foi de R$ 2,39 a unidade.

Mais informações à Imprensa:
imprensa@ceagesp.gov.br