(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749
23 de Fevereiro de 2017

Secretaria de Agricultura e Abastecimento fornece dicas de alimentação para curtir o Carnaval sem problemas

Com a chegada do Carnaval, a rotina de grande parte da população é alterada por maior atividade física, transpiração, exposição ao sol em excesso e poucas horas de sono que podem levar ao cansaço, dores ou indisposições pós-festa.

Para ter energia e disposição suficiente para aproveitar o feriado, são necessários alguns cuidados com a alimentação, conforme orienta a nutricionista da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Milene Massaro, que atua no Centro de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Cesans), ligado à Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro) da Pasta.

De acordo com ela, as refeições principais que antecedem a festa devem ser compostas de carnes magras assadas e grelhadas, saladas e acompanhamentos à base de verduras e legumes e carboidratos como o arroz e massas, de preferência integrais. “Completar o cardápio com uma fruta bem suculenta de sobremesa ajudará na hidratação do organismo”, ensina a especialista.  

O cuidado deve ser redobrado para o consumo de alimentos preparados na rua, como as barracas de cachorro-quente, hambúrgueres e salgados, pois podem não ser preparados e armazenados de forma correta e correm o risco de estarem contaminados com micro-organismos nocivos que podem causar doenças.

A nutricionista reforça a necessidade de se alimentar a cada quatro horas. “Durante os dias de festa, as barras de cereais, frutas secas e castanhas de caju, do Pará, nozes e avelãs são boas opções para repor as energias entre as refeições principais. Além disso, são fáceis de carregar na bolsa”, explicou.

Outra dica é evitar alimentos muito gordurosos como salgadinhos, frituras, queijos e carnes gordas, embutidos e preparações pesadas como feijoada e rabada. “Além de serem muito calóricos, eles contribuem para a desidratação, devido à alta concentração de sal, e exigem um esforço maior para serem digeridos por conterem grande quantidade de gorduras, podendo levar à indisposição e ao cansaço”, disse.

Para manter a hidratação mesmo com o suor e o calor intenso, é recomendável a ingestão de líquidos como água, sucos naturais, água de coco e frutas como melancia, melão e laranja. O organismo bem hidratado poupa os músculos da fadiga, por isso as dicas devem ser seguidas antes, durante e depois da folia. Vale a pena levar uma garrafinha de água por onde for, pois o ideal é ingerir pelo menos 2 litros de água por dia.

A especialista lembrou ainda que as bebidas alcoólicas em excesso podem provocar ressaca, sede, dor de cabeça, enjôos, além de acarretar prejuízos em órgãos importantes do corpo. “Somado a esse fato, o efeito diurético do álcool pode se intensificar com o aumento da sudorese. Por isso é importante manter-se hidratado durante todo esse período”, orienta Milene.

Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, “a Secretaria tem um papel muito importante de orientar a prática de hábitos saudáveis e garantir alimentos de qualidade e acessíveis à população em todas as ocasiões. Esta é uma diretriz do governador Geraldo Alckmin, que como médico, sabe da importância dos alimentos para a qualidade de vida dos cidadãos”, avalia.

Aposte:

- Água

- Sucos naturais

- Água de coco

- Frutas como melancia, melão e laranja

Evite:

- Salgadinhos

- Frituras

- Queijos

- Carnes gordas

- Embutidos

- Preparações pesadas como feijoada e rabada


Por: Paloma Minke

 

Mais informações 
Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo