(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749
9 de Março de 2017

Comissão Regional de segurança alimentar de Ribeirão Preto debate alimentação saudável e apoio à agricultura familiar

Representantes da sociedade civil e do Poder Público de sete municípios da região de Ribeirão Preto se reuniram na última segunda-feira, 6

Representantes da sociedade civil e do Poder Público de sete municípios da região de Ribeirão Preto se reuniram na última segunda-feira, 6, para debater formas de promover a alimentação saudável e os instrumentos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), que prioriza a aquisição de alimentos de agricultores familiares.

A primeira reunião ordinária da Comissão Regional de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CRSANS) de Ribeirão Preto deste ano possibilitou às representantes conhecerem mais sobre a legislação da alimentação escolar e a se capacitarem para auxiliar os produtores rurais a ingressar nas Chamadas Públicas de Compra Institucionais de alimentos.

“Na ocasião, apresentamos o sistema eletrônico desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do qual o produtor pode consultar quais os processos de Chamada Pública estão em andamento. Por outro lado, o sistema auxilia também o Poder Público, pois traz uma ferramenta que facilita a elaboração de editais, apontando as informações necessárias para deixar o processo mais transparente”, afirmou Jaciara Bertasi, diretora técnica do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea-SP), órgão ligado à Pasta Estadual que reúne as comissões regionais.

A reunião contou com representantes dos municípios de Ribeirão Preto, Altinópolis, Santa Cruz da Esperança, Serrana, Jaboticabal, Santa Rosa do Viterbo e Guariba. Também integram o Conselho Regional os municípios de Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guatapará, Jardinópolis, Luis Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Santo Antonio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho, Taquaral.

Para a funcionária da Casa da Agricultura de Altinópolis Mônica Costa Oliveira, a reunião permitiu esclarecer importantes conceitos da legislação para orientar adequadamente os agricultores familiares que buscam atendimento. “Trabalhando em conjunto, podemos melhorar a qualidade da produção de alimentos que chegam na casa das crianças. Está sendo um bom aprendizado, que me permite conhecer a legislação referente à compra de produtos da agricultura para a merenda escolar e transmitir essa informação ao agricultor”, avaliou.

Integração Estado e Município

A agenda do Consea-SP na região contou ainda com uma visita da diretora técnica, Jaciara Bertasi, ao vice-prefeito e secretário de Cidadania e Desenvolvimento Social do município de Ribeirão Preto, Carlos Cezar Barbosa, para tratativas de ações integradas com o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional de Ribeirão Preto que, de acordo com Barbosa, anunciará em breve os novos representantes do Poder Público que comporão o órgão municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN).

De acordo com o secretário executivo do Consea-SP, José Valverde Machado Filho, o Governo do Estado de São Paulo tem intensificado atuação para o fortalecimento dos municípios em matéria de segurança alimentar e nutricional.

“A ação visa o fortalecimento da segurança alimentar na perspectiva da assistência social, da saúde pública e da agricultura harmônica com o meio ambiente. A região de Ribeirão Preto tem acentuada urbanização mas resguarda características rurais, com um grande potencial de plena efetivação da agenda de segurança alimentar”, afirmou Valverde.

A integração entre o Poder Público e a sociedade é fundamental para intensificar as ações de segurança alimentar no Estado de São Paulo, avaliou o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim. “A ação do Consea-SP está alinhada às diretrizes do governador Geraldo Alckmin para a Pasta, de zelar pela saudabilidade dos alimentos e apoiar o pequeno produtor e o agricultor familiar”, disse.

Por: Paloma Minke

 

Mais informações 
Assessoria de Comunicação 
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo