(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749

Setor pesqueiro: importância da análise de risco.

Pescado com qualidade superior é resultado do controle rigoroso das primeiras etapas da cadeia produtiva, particularmente aquelas praticadas a bordo. O caminho é integrar as boas práticas de pesca e análise de risco com a legislação específica............

R$ 48,00
Detalhes da Edição

Rev Hig Alimentar, v.23, n.174/175, Julho/Agosto de 2009.

EDITORIAL
3   Palmito seguro: o fim da polêmica.

12  CARTAS

16  AGENDA

COMENTÁRIOS
20  CONQUISTANDO BONS RESULTADOS EM GMP E HACCP.
23  ALIMENTOS VILÕES OU MOCINHOS: DEVE-SE EVITAR O ERRO ALIMENTAR.


ARTIGOS

26  Obesidade infantil x comercialização de alimentos em escolas públicas e privadas.
32  Descrição de temperaturas de produtos cárneos, em açougues do município de Ribeirão Preto, SP.
36  Avaliação do binômio tempo e temperatura em preparações quentes de restaurante universitário.
42  Impacto da aplicação do sistema de análise de perigos e pontos críticos de controle em indústria de bebidas orgânicas.
47  Nível de conhecimento dos trabalhadores de indústrias de produtos suínos sobre a manipulação higiênica dos alimentos.
52  Condições higiênico-sanitárias de restaurantes do município de Medianeira, PR.
58  Avaliação de risco potencial para estabelecimentos processadores de alimentos artesanais.
62  Condições higiênico-sanitárias na comercialização de água de coco, por ambulantes do município de Teixeira de Freitas, BA.
70  Condições de higiene de pontos de venda de cachorros-quentes comercializados em vias públicas de Passos, MG.
75  Determinação e comparação dos fatores de correção de hortaliças e frutas, utilizadas em hospital particular de Santa Maria, RS, como preconizado na literatura.
79  Elaboração e caracterização de barras de frutas regionais desidratadas.
84  Análise sensorial de feijão preto submetido a diferentes métodos de cocção.
89  Qualidade microbiológica de produtos a base de sardinha (Opisthonema oglinum).
94  Avaliação sensorial e microbiológica de hambúrguer de peixe Tilápia (Oreochromis niloticus) produzido artesanalmente.
99  Análise de risco no setor pesqueiro - parte II: a pesca.
105 Análise microbiológica de salame tipo alemão vendido em feiras-livres.
110 Qualidade de doce de leite pastoso, adicionado de soro de queijo em pó.


PESQUISAS

117 Avaliação da temperatura dos alimentos na etapa de distribuição em restaurantes self service de São Luís, MA.
123 Atividade antimicrobiana de bactérias lácticas isoladas de queijos de baixa umidade frente a Staphylococcus aureus ATCC 6538 e Listeria monocytogenes ATCC 7644.
129 Avaliação da qualidade microbiológica, físico-química e sensorial de bebidas lácteas fermentadas, sabor morango, comercializadas na cidade de Medianeira, PR.
134 Identificação de bactérias gram-negativas e gram-positivas isoladas de leite cru em pequenas propriedades rurais.
140 Atividade Antimicrobiana do Gênero Capsicum.
146 Avaliação microbiológica de amostras de agrião sanitizadas e não sanitizadas comercializadas em supermercados de Erechim, RS.
153 Avaliação da qualidade higiênico-sanitária dos sucos de laranja comercializados em Alfenas, MG.
158 Qualidade microbiológica da melancia minimamente processada com diferentes métodos de sanitização.
164 Análise microbiológica de sushis e sashimis comercializados em restaurantes de Brasília no período de 2001 a 2004.
171 Avaliação do estado de frescor do pescado entregue em uma unidade de alimentação e nutrição.
176 Avaliação microbiológica de presunto cozido fracionado e comercializado em bandejas.
181 Aplicação de fibras como substituto de gordura em mortadela e influência sobre as propriedades sensoriais.


LEGISLAÇÃO
190 GLOBALGAP X LEGISLAÇÃO SANITÁRIA BRASILEIRA: A EVOLUÇÃO NO CONCEITO SOBRE RASTREABILIDADE DE ALIMENTOS.


SÍNTESE
199 REUSO DE ÁGUAS: UMA ALTERNATIVA PARA AUMENTAR A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO ESTADO DO CEARÁ.

207 NOTÍCIAS