(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749

O controle dos parâmetros físico-químicos em produtos cárneos embalados à vácuo, como a mortadela, é fundamental para garantir a ausência da toxina botulínica e a segurança do produto.

Veja ainda outros trabalhos originais.

R$ 60,00
Detalhes da Edição
Revista Higiene Alimentar, volume 31, n. 270/271, Julho/Agosto de 2017.
 
EDITORIAL
6 El cambio climático y la contaminación del aire.
 
12 CARTAS
14 AGENDA
 
COMENTÁRIOS
16 -18 Tendências e modismos alimentares e o alimento seguro: Food trucks na França um exemplo e um desafio.
 
EDUCAÇÃO
19-24 Estudiantes de la facultad de ciencias médicas “General Calixto García” crean situaciones problémicas com sus experiencias.
 
ARTIGOS
25-29 Embalagens para alimentos: tendências e inovações.
30-35 Presença de alérgenos e aditivos alimentares em chocolate branco.
36-39 Otimização do manejo de resíduos em restaurante universitário de Salvador, BA.
40-44 Aplicação das boas práticas em restaurantes e lanchonetes localizados em instituição de ensino superior de Salvador, BA.
45-49 Avaliação das boas práticas de manipulação em serviços de alimentação e nutrição localizados na cidade de Maceió, AL.
50-54 Condições higienicossanitárias de alimentos comercializados por ambulantes no centro comercial de Aracaju, SE.
55-59 Pesquisa de coliformes totais e termotolerantes em suco de laranja in natura e correlação com as condições higienicossanitárias do estabelecimento produtor.
60-64 Avaliação dos fatores físico-quiímicos que controlam o desenvolvimento do Clostridium botulinum em mortadelas comercializadas no estado do Rio de Janeiro.
65-71 Doenças parasitárias associadas ao consumo de pescado no Brasil: incidência e epidemiologia.
72-77 Palmitos industrializados em conserva: produção, conservação e sustentabilidade.
 
PESQUISAS
80-84 Elaboração e caracterização físico-química de uma conserva acidificada de Biri-Biri (Averrhoa bilimbi).
85-91 Estabilidade físico-química e microbiológica de farinha de mandioca fermentada comercializada em Belém do Pará.
92-96 Avaliação da atividade antioxidante total de chás comercializados em sachês.
97-102 Biofilmes em ambientes de alimentação: composição microbiana e avaliação da resistência frente ao hipoclorito de sódio.
103-108 Avaliação microbiológica das mãos de manipuladores em restaurantes comerciais e institucionais da cidade de Salvador, BA.
109-113 Comportamento dos micro-organismos indicadores frente ao chapoteo na produção de polpa de camu-camu.
114-118 Avaliação da qualidade microbiológica do leite após aplicação de boas práticas agropecuárias.
119-123 Avaliação da qualidade da salmoura durante seu período de utilização em indústria de laticínios.
124-129 Perfil microbiológico da carne bovina in natura comercializada no município de Picos, Piauí.
130-135 Avaliação da rotulagem de biscoitos recheados comercializados em Salvador, BA: enfoque na qualidade nutricional.
 
 
138 LEGISLAÇÃO
 
 
139 PUBLICAÇÕES
 
141 AVANÇOS TECNOLÓGICOS EM PRODUTOS E SERVIÇOS
 
143 NOTÍCIAS


Já tem cadastro, basta clicar em COMPRAR ou solicite boleto no e-mail redacao@higienealimentar.com.br