(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749

O cajueiro, originário do nordeste brasileiro, tem parte da produção perdida em função de sua rápida deterioração.

Os açúcares presentes no suco de caju podem ser uma alternativa para agregação de valor à fruta e redução de perdas.

R$ 60,00
Detalhes da Edição
Revista Higiene Alimentar, v. 29, n. 250/251, novembro/dezembro de 2015.
 
EDITORIAL
03 Em tempos de crise, como manter a qualidade e a segurança dos alimentos?
 
11 CARTAS
 
13 AGENDA
 
COMENTÁRIO
15 Sugestão para normatização da cadeia produtiva de frutos, legumes e verduras minimamente processados prontos para o consumo no Brasil.
17 Propiedades y usos de la chaya.
 
DESTAQUE
18 Determinação de açúcares do suco de caju comercial por cromatografia líquida de alta eficiência – CLAE.
 
ARTIGOS
24 Aceitabilidade da alimentação escolar em um município do interior do estado de São Paulo.
29 Atitude do consumidor idoso frente à compra de leite na região sul.
36 Condições higienicossanitárias de estabelecimentos que manipulam e comercializam açaí em Belém do Pará.
42 Qualidade da água utilizada em restaurantes da cidade de Salgueiro-PE.
47 Avaliação das condições higienicossanitárias de uma indústria de sucos localizada no sudeste do estado de Minas Gerais.
53 Avaliação da presença de lavatórios exclusivos para mãos em restaurantes sef-service de Niterói, RJ.
60 Análise de perigos e pontos críticos de controle na produção de sanduíches em uma empresa de catering aéreo.
65 Avaliação do binômio tempo/temperatura de preparações proteicas em uma unidade de alimentação e nutrição.
71 Listeria monocytogenes em produtos cárneos industrializados: revisão bibliográfica.
76 Análise microbiológia de linguiça tipo “maracajú” comercializada no interior do Mato Grosso do Sul.
80 Análise microscópica e microbiológia de diferentes marcas de “ração humana”
84 Análise microbiológica de alfaces (Lactuca sativa L) produzidas em hortas comunitárias de Teresina- PI.
 
 
PESQUISA
90 Qualidade microbiológica de saladas cruas e cozidas preparadas em uma unidade de alimentação e nutrição na cidade de São Luís - MA.
95 Extrato e casca de româ (P. granatum) na elaboração de pães.
100 Comportamento reológico de bebidas mistas de farinhas extrudadas de arroz e maracujá adicionadas de pectina.
105 Influência da temperatura e do tempo de armazenamento sobre a atividade de enzimas oxidativas em hancornia speciosa gomes.
111 Desenvolvimento de petisco a base de soja e avaliação por frequentadores de restaurantes tradicional e vegetariano.
119 Qualidade microbiológica de camarões comercializados nas praias da cidade de Natal-RN.
124 Avaliação dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos da água de bebedouros de instituições particulares de ensino da cidade de São Luís –MA.
130 Avaliação das condições higienicossanitárias na produção e comercialização da carne de sol no norte de Minas Gerais.
135 Avaliação microbiológica de teteiras de ordenhadeiras mecânicas.
142 Avaliação sensorial de marcas comerciais de sorvete.
146 Análise da viabilidade e resistência ao trato gastrointestinal de micro-organismos probióticos em alimentos lácteos.
152 Análise da presença de bromato de potássio em pães produzidos e comercializados em panificadoras do município de Mossoró – RN.
 
 
LEGISLAÇÃO
156 Queijos tipo minas frescal em embalagem industrial e fracionados: análise das informações de rotulagem.
 
SINTESE
167 A gastronomia hospitalar como ferramenta de bem-estar ao paciente.
 
173 AVANÇOS TECNOLÓGICOS EM PRODUTOS E SERVIÇOS
 
174 NOTÍCIAS
 
Já tem cadastro, basta clicar em COMPRAR, ou solicite boleto no e-mail redacao@higienealimentar.com.br