(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749

Nanotecnologia

O desenvolvimento da nanotecnologia tem desencadeado inúmeras possibilidades para obtenção de novos produtos, gerando ainda, aplicações inovadoras de ampla gama de setores da indústria e do mercado de alimentos.

R$ 60,00
Detalhes da Edição
Rev Hig Alimentar, v. 29, n. 240/241 Janeiro/Fevereiro de 2015

EDITORIAL
3  GLOBALIZAÇÃO, SUSTENTABILIDADE, BEM-ESTAR ANIMAL:OS NOVOS DESAFIOS PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS. 

12 CARTAS
14 AGENDA

COMENTÁRIOS
17 O USO DE PREBIÓTICOS E PROBIÓTICOS NA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DE DOENÇAS IMUNO-ALÉRGICAS

DESTAQUE
20 USO E PERSPECTIVAS DA NANOTECNOLOGIA NA INDÚSTRIA DE ALIMENTOS
 
ARTIGOS
26 CARACTERÍSTICAS DA ALTA PRESSÃO HIDROSTÁTICA PARA A ENGENHARIA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS.
31 UTILIZAÇÃO DE HORMÔNIOS PARA GANHO DE PESO EM BOVINOS NO BRASIL
37 AVALIAÇÃO E CAMPANHA PARA DIMINUIÇÃO DO RESTO EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DE UMA EMPRESA DO VALE DO TAQUARI, RS.
44 ANÁLISE DE RESTO E SOBRA LIMPA EM RESTAURANTES
48 AVALIAÇÃO DAS ETAPAS DE RECEBIMENTO, ARMAZENAMENTO E PRÉ-PREPARO DE PRODUTOS CÁRNEOS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO HOSPITALAR.
53 AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CONHECIMENTO EM RELAÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS DE UM FRIGORÍFICO NO ESTADO DO PARANÁ
58 AVALIAÇÃO DA ADOÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS EM BANCOS DE ALIMENTOS, ANTES E APÓS CAPACITAÇÃO DE MANIPULADORES
64 IMPLANTAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS EM ESCOLA MUNICIPAL DA CIDADE  DE ZÉ DOCA, MA.
69 AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DOS ESTABELECIMENTOS DE COMÉRCIO DE TAPIOCAS DA ORLA MARÍTIMA DE MACEIÓ, AL.
74 AVALIAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE REFEIÇÕES TRANSPORTADAS EM UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO DA SERRA GAÚCHA
80 CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DE RESTAURANTES COMERCIAIS DO BAIRRO PARQUE RESIDENCIAL LARANJEIRAS, MUNICÍPIO DE SERRA, ES.
85 IDENTIFICAÇÃO DE FATORES DE SUCESSO PARA GARANTIA DA SEGURANÇA DO ALIMENTO NA CARCINICULTURA BRASILEIRA: ESTUDO DE CASO EM FAZENDAS MARINHAS E DE ÁGUA DOCE.
90 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARA SEGURANÇA DOS ALIMENTOS.

 
PESQUISAS
96 MODELOS DE GESTÃO DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR EM MUNICÍPIO PAULISTA: O OLHAR DOS PAIS DOS BENEFICIÁRIOS
102 SEGURANÇA DO ALIMENTO RELACIONADA COM A TEMPERATURA DE PREPARAÇÕES FRIAS SERVIDAS EM UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO, NO INTERIOR DO RS.
106 AVALIAÇÃO DAS CONDIÇOES MICROBIOLÓGICAS EM RESTAURANTES COMERCIAIS
111 ANÁLISE MICROBIOLÓGICA E DAS CONDIÇÕES HIGIENICOSSANITÁRIAS DO CALDO DE CANA COMERCIALIZADO  NAS RUAS DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ
117 QUALIDADE BACTERIOLÓGICA E FÍSICO-QUÍMICA DA CARNE BOVINA DE UM RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO
123 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FÍSICA, QUÍMICA E MICROBIOLÓGICA DE LINGUIÇAS MISTAS TIPO FRESCAL COMERCIALIZADAS NA CIDADE DE MARÍLIA-SP.
129 LISTERIA MONOCYTOGENES EM LINGUIÇA FRESCAL DE CARNE DE FRANGO.
135 CARACTERIZAÇÃO MICROBIOLÓGICA DA CARNE MOÍDA BOVINA COMERCIALIZADA EM AÇOUGUES DE UM BAIRRO DA CIDADE DE BELÉM, PA.
139 DETECÇÃO DE ESCHERICHIA COLI  DIARREIOGÊNICAS (DAEC) EM AMOSTRAS DE SASHIMI COMERCIALIZADOS NO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS – MA.
146 ELABORAÇÃO DE LEITE FERMENTADO PROBIÓTICO ACRESCIDO DE POLPA DE YACON
151 PESQUISA DE NEUTRALIZANTES, CONSERVANTES E RECONSTITUINTES EM QUEIJO MINAS FRESCAL COMERCIALIZADO EM FEIRAS LIVRES
156 QUANTIFICAÇÃO E IDENTIFICAÇÃO DA CONTAMINAÇÃO BACTERIANA DE CALDO DE CANA EM FERMENTAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE AGUARDENTE.
162 ANÁLISE PARASITOLÓGICA DE HORTALIÇAS MINIMAMENTE PROCESSADAS.

 
LEGISLAÇÃO
167 VINAGRES DE FRUTAS E DE CEREAIS DE MARCAS COMERCIAIS: AVALIAÇÃO DE RÓTULOS SOB A VISÃO CRÍTICA DE CONSUMIDORES E LEGISLAÇÃO.

SINTESE
175 QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DE DOCE DE LEITE.
 

179 AVANÇOS
181 NOTÍCIAS


Se ainda não tem cadastro, cadastre-se e depois clique em COMPRAR, ou solicite boleto via e-mail redacao@higienealimentar.com.br