(15) 3527-1749 - fax: (15) 3527-1749

Condição dos alimentos em estabelecimentos varejistas.

A comercialização dos alimentos concentrou-se, nos últimos anos, em redes de distribuição de grande porte, condição que exige não só investimentos vultosos em instalações mas, também, equipamentos e mão-de-obra especializada para garantir a qualidade.....

R$ 60,00
Detalhes da Edição

Rev Hig Alimentar, v.25, n.194/195, Março/Abril de 2011.

EDITORIAL
3   Gestão Sistemica em GMP integra o controle do todo com a visão das partes.

12  CARTAS

14  AGENDA

COMENTÁRIOS
18  ELABORAÇÃO DE CARTIL HA PARA TREINAMENTO DOS FUNCIONÁRIOS DE UM RESTA URANTE COMERCIAL EM SANTA MARIA, RS.
21  REFLEXOS DA HABILITA ÇÃO AO SISBIPOA SOBRE A ECONOMIA, O BEM-ESTAR DA COLETIVIDADE E A COMPETITIVIDADE AGROINDUSTRIAL.
22  VOLATILIDADE DE PREÇOS E CRISES ALIMENTARES.

 

ARTIGOS
24  Condições higiênico-sanitárias de um comércio ambulante da cidade de Umuarama, PR: estudo de caso.
30  Qualidade microbiológica da água de coco comercializada por ambulantes no centro de Fortaleza, CE.
35  Monitoramento das temperaturas de equipamentos de refrigeração em supermercados da cidade de Maceió, AL.
40  Monitoramento da temperatura de preparações quentes e frias em uma unidade de alimentação e nutrição.
46  Avaliação das condições higiênico-sanitárias e do conhecimento das boas práticas em restaurantes self-service do município de Barra do Garças, MT.
51  Condições higiênico-sanitárias de unidades de alimentação e nutrição, relacionadas com a presença do nutricionista.
58  Infraestrutura da unidade de preparação de alimentos - nutrição enteral.
62  Panificadoras de conveniência e panificadoras de serviço: avaliação das condições higiênico-sanitárias.
70  Caracterização de resíduos sólidos de fecularias, para potencial incorporação em alimentos.
75  Produção e avaliação físico-química da aguardente de mel de abelha (Apis mellifera).
79  Redução da cristalização em doce de leite com a utilização da enzima b- galactosidase.
86  Estudo de alguns aspectos microbiológicos e microscópicos em ovos de páscoa produzidos artesanalmente.
92  Avaliação das boas práticas de manipulação do pescado em três estabelecimentos varejistas da cidade do Rio de Janeiro, RJ.
98  Análise de água dos bebedouros da universidade da cidade de Uberaba, MG.
103 Avaliação da qualidade da água fornecida por aparelhos de filtração rápida.
109 Caracterização do perfil do consumidor de carne na cidade de Santa Maria (RS), quanto à segurança dos alimentos.
114 O uso de nitrato e nitrito em produtos cárneos e a formação de n-nitrosaminas.
122 Qualidade microbiológica de frangos abatidos no estado do rio de janeiro.


PESQUISAS
129 Perfil microbiológico de linguiças mistas.
134 Ocorrência de listeria monocytogenes em salames artesanais.
139 Viabilidade de lactobacillus acidophilus em bebida fermentada, saborizada a partir de soro lácteo e inulina.
143 Qualidade microbiológica de méis comercializados na região do Vale do Jaguaribe, CE.
148 Avaliação da qualidade microbiológica da alface (lactuca sativa), comercializada na cidade de Pará de Minas, MG.
154 Eficiência da lavagem e dos desinfetantes sobre coliformes termotolerantes em vegetais frescos.
158 Condições higiênico-sanitárias do caldo de cana comercializado em Teixeira de Freitas, BA.
167 Qualidade microbiológica de alimentos servidos em um hotel-resort do estado da Bahia.
172 Avaliação sensorial de formulação de molho de tomate adicionado do cogumelo agaricus brasiliensis.
178 Estudo comparativo entre três técnicas de desglaciamento de filé de pescada.
187 Avaliação dos métodos rápidos de análise microbiológica na indústria de alimentos.
192 Fritura por imersão: um estudo de caso.

LEGISLAÇÃO
198 ROTULAGEM DE BISCOITOS SALGADOS E SNACKS: CONSIDERAÇÕES SOBRE AS INFORMAÇÕES OBRIGATÓRIAS DE ROTULAGEM.

206 NOTÍCIAS